domingo, 17 de março de 2013

CONTRIBUIÇÕES AJUDAM A MELHORIA DA EFPP

Desde o mês de janeiro várias pessoas tornaram-se associados contribuintes do IFPPC. Esta categoria não exige a participação direta nas atividades do IFPPC, nem a presença nos trabalhos na ferrovia. Desta forma, as pessoas que querem colaborar mas não têm tempo ou moram muito longe, tornam-se patrocinadores da Perus-Pirapora. O próprio contribuinte é quem determina o valor da sua contribuição mensal, e a deposita diretamente numa conta bancária exclusiva para esta finalidade. Embora a maioria contribua com pequenos valores, o resultado é surpreendente: em apenas três meses as quantias arrecadadas reforçaram o caixa mantido pelas mensalidades dos associados efetivos, que é sempre insuficiente para fazer face às despesas.

De início os recursos  fornecidos pelos associados contribuintes já ajudaram a pagar as cestas básicas fornecidas aos colaboradores da ferrovia; depois, ajudaram a reformar completamente o equipamento de pulverização da via permanente, importantíssimo para a sua manutenção. 

E no dia 16 de março estas mesmas contribuições, somadas à mensalidades dos associados efetivos, permitiram a realização de uma meta há muito almejada pelo IFPPC: a aquisição de seis macacos ferroviários antigos, especiais para o encarrilhamento de locomotivas e vagões. 

Há muito tempo o IFPPC procurava este tipo de equipamento, sem sucesso porque já não são fabricados há muitos anos. Finalmente, neste dia o associado Isaias Angico informou da existência de alguns exemplares num ferro-velho. Autorizado pelo Diretor Presidente e com a ajuda de Isaias, o Diretor de Projetos examinou os macacos, achou-os em boas condições, negociou e efetuou a compra, fechando um ótimo negócio pelo valor de R$1.500,00 reais pelo lote.

Basta recordar que há apenas 90 dias atrás, antes do início das contribuições destes novos associados, o IFPPC não tinha reservas em caixa para uma aquisição tão importante como esta. Agradecemos a todos os associados contribuintes e efetivos que mantêm suas mensalidades em dia. 

Estejam certos de que sua colaboração está beneficiando muito a nossa histórica ferrovia, e ajudando a sua revitalização!

Os seis macacos no momento em que chegaram à EFPP. Para quem não conhece, o funcionamento é muito simples: em caso de  descarrilhamento, dois macacos são posicionados numa das extremidades do veículo, um de cada lado; são acionados simultaneamente, levantando aquela extremidade. Quando ela atinge altura suficiente, as roscas horizontais são usadas para deslocar os macacos de lado, até levar o veículo para cima da linha. Então, basta baixar os dois macacos para descer o veículo corretamente sobre a linha. Também são muito úteis em oficinas ferroviárias.

Imediatamente os associados começaram a retirar a adaptação feita na indústria onde foram usados (peças de chapa recortada no alto de cada um), revisá-los, remover a pintura da rosca, limpá-los e lubrificá-los, deixando-os prontos para uso na manutenção ou em qualquer eventualidade.

2 comentários:

  1. Pessoal, é isso aí, sejamos "formigas" carregando nossa simples folhinha prá ajudar a manter nossa rainha, digo, "Princesinha".

    ResponderExcluir
  2. Ótima aquisição da EFPP. Parabéns...

    ResponderExcluir

Olá, deixe seu comentário sobre nosso blog.